Autor Convidado (Victor Cabral)

Por: Victor Cabral

WhatsApp Image 2020-01-23 at 13.38.08

Acorda e olha pra vida e tudo que tu viveu
Nenhuma palavra rebuscada que eu te escreva
Nenhuma rima já usada, não importa o que aconteça
Valerá um segundo desse tempo teu

Nas palavras habitam belos mistérios
Que nossos corpos ignoram pois, ocupados vivendo-os,
Os beijinhos e abraços e carinhos sem ter fim
Não ligam se não os registremos

O que ficou escrito no braile dos meus arrepios
Nenhum outro poeta poderá cantar
Nem os filhos de seus filhos

E o que ficou moldado pelas suas mãos
Na pedra bruta do meu corpo
Permanecerá, imune a erosão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: