Por: Raquel Alves Tobias

Só aprende a amar
Quem foi verdadeiramente amado
Todo o resto é extensão invasiva
De eternos ciclos inacabados
Quando juntos dividem
Seus corpos num copo
Num gole, a dúvida.
No outro, o amargo.
E seguem assim:
Metade vazio
Metade a vácuo.
Consumindo a alma
Na saliva do prato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: