Categoria Crônicas

Frango na Sauna

Por: Mona Vilardo Olá, leitores do Literarte! Ando bastante sumida daqui e aproveito esse espaço para explicar um pouco o que aconteceu. Expressar-se pela arte, ao meu ver, sempre é o melhor caminho, e confesso que passei algum tempo sem conseguir me expressar nos meus textos quinzenais. Pode ser inusitado isso, mas é real. Sem […]

Ler mais

Quando se perde um voo

Por: Mona Vilardo ✓ Mala feita – check ✓ Separar a roupa mais confortável para viajar – check ✓ Chegar no aeroporto com antecedência – super check ✓ Ter certeza de que a mala não ultrapassou o peso determinado – check (ufa) ✓ Beijos são distribuídos e adeus são dados – ckeck (a vida é […]

Ler mais

Dream Big

Por: Mona Vilardo Chicago, cinco e dezessete da manhã. Se tem uma coisa que eu não me acostumei aqui foi com a diferença do fuso horário em relação ao Brasil – mesmo sendo o 16° dia dos meus 17 dias aqui. Nossa, não me acostumaria nunca no Japão. Mas, isso é assunto para outra história. […]

Ler mais

Encontre Deus na imagem

Por: Mona Vilardo Em maio, completei 30 anos como cantora. Comecei a cantar profissionalmente aos 8 anos e fui descoberta pela freira da escola onde eu estudava. Minha vida escolar foi em colégios religiosos, o que justifica eu ter passado por todos, digamos, protocolos católicos romanos…. Batizado, primeira comunhão, crisma, grupo jovem, missa todos os […]

Ler mais

Facultas

Por: Mona Vilardo Hoje, bem mais perto dos 40 do que dos 30 anos, posso dizer que meu estado social é facultativo (como se fosse estado civil, entende?). Se tivesse que preencher algum documento que pedisse tal informação, eu colocaria isso. Totalmente o contrário de quando era bem jovem, época que procurava estar em todos […]

Ler mais

Na modinha

Por: Mona Vilardo Na modinha #sqn Algumas palavras de ordem, podemos dizer assim, estão na moda. Citarei algumas: Protagonismo, empoderamento, proatividade, engajamento. Desculpem os amigos mais chegados, não curto modinhas e bandeiras erguidas. Acho a banalidade em que a palavra gratidão se tornou algo assustador. Gratidão virou um cara me perseguindo com uma foice, praticamente. […]

Ler mais

Quando as Farmácias Fecharem

Por: Mona Vilardo. A palavra “apoteose” vem do grego, onde APO significa “alto”, e THEOS, “deus”. Representa a elevação de alguém ao estatuto de divindade. Diante do significado dessa palavra, posso dizer que o meu Carnaval de 2019 foi apoteótico. Essa palavra se encaixa perfeitamente no Carnaval do Rio de Janeiro. Na Apoteose do Samba, […]

Ler mais

Sonho perdido

Por: Mona Vilardo – Veja o sol dessa manhã tão cinza: Foi o que pensei no dia seguinte daquele dia triste. – Então me abraça forte: Foi o que disse um pai ao abraçar outro pai, na tarde daquele dia sem respostas. – Mas deixe as luzes acesas agora: Foi a fala da mãe que queria ver a foto do filho […]

Ler mais

BBB 2019

Por: Mona Vilardo Terça-feira à noite, ligo a televisão (momento raro numa casa que privilegia o silêncio) e vou guardar a bolsa.  O som que escuto na TV é do programa Big Brother Brasil, onde o apresentador com uma voz (muito) animada, dá boa noite aos heróis do Brasil. Fecho os olhos e crio na […]

Ler mais

A Dúvida de uma imaginada Traição

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Ele acordou sem sono, tinha vontade de levantar, um intenso desejo de sair da cama, mas algo lhe prendia, havia um magneto irresistível e aterrorizador. A desgraça tinha caído sobre sua psique tão intensa e voraz como a lava ardente de uma explosão vulcânica. E tal desgraça tinha um […]

Ler mais