Categoria Bianca Latini

E o que é de verdade?

Por: Bianca Latini E o que é de verdade? A vida não é somente sobre Tarefas, obrigações, compromissos Correria, trabalho Ganhar mais dinheiro Cumprir metas de resultados Imposições religiosas, históricas, sociais,culturais Bater ponto Seguir horários Estar no compasso do relógio dos outros A vida é muito mais do que isso: É sobre descobrir o seu […]

Ler mais

Fusão

Por: Bianca Latini Beijar na boca É manter vivo o gosto da audácia De penetrar o sabor alheio É viver a adolescência, independente dos anos que se tem É desvendar os mistérios do ritmo do outro E impregnar a sua forma de se fazer presente, marcante, incessante É estar atento aos movimentos No momento do […]

Ler mais

Apenas certezas

Por: Bianca Latini Apenas certezas Já parou para pensar que quando estamos em dúvida, temos, na verdade, uma certeza? Sim. Uma certeza de que algo não é. Porque quando algo é alguma coisa, ele simplesmente é e ponto. Já o que não é, é que não se sabe o que é. Quando estamos diante de […]

Ler mais

Especial dia dos namorados (“Namorar”, por Bianca Latini)

Caros leitores, publicamos hoje o especial Dia dos Namorados, do Literarte, com o poema “Namorar”, de Bianca Latini. Vejam também o vídeo. Por: Bianca Latini NAMORAR Namorar é fitar o outro Falar pela íris Sorrir pelo olhar Namorar é farejar seu encantamento a quilômetros de distância É sentir o coração, na primeira estirada, acelerar e […]

Ler mais

Quem Grita?

Por: Bianca Latini QUEM GRITA? O tempo está girando rápido Feito catavento em litoral Pulsando frenético feito placa luminosa em curto circuito Ele está gritando com a gente! Fazendo-nos seguir ritmo de preparação física de atleta para as olimpíadas Ele corre e tentamos ir atrás dele Ele urge e escapa das nossas mãos Entramos em […]

Ler mais

Templo que habito

Por: Bianca Latini Templo que habito Meu corpo é o templo Onde minha alma mora E minha alma quer se expandir Pretende romper as cercas E olhar por trás das montanhas altas Ela quer ser solta, livre e sentir-se efervescente em alegria, pertencente, flutuante, gaseificada, tilintante Para isso, meu corpo precisa se movimentar Para estar, […]

Ler mais

Aquarela do Amor

Por: Bianca Latini Aquarela do Amor Aquarela do Amor Pinta suave Pistache Cores pastéis Pinta brisa refrescante Pinta palavras ditas com boca de generosidade Pinta flores e primaveras Pinta décadas, pinta eras Pinta o que se sente e não consegue dizer Pinta ritmo, serenata Flauteia, cantarola, Imagina, recria Encanta, reconta Fala de peito cheio E, […]

Ler mais

Fotografia

Por: Bianca Latini Fotografia Fotos, imagens capturas de alguma coisa Ou de coisa nenhuma Depreende-se de fora o que está dentro A foto e seu negativo Colorido e contraste Dois registros distintos da mesma identidade Coleto para ter comigo Mostro o que me soa belo A imagem transmite Comunica E ganha vida própria Quem a […]

Ler mais

Retrovisor

Por: Bianca Latini Retrovisor Como é bom dar nó em pingo d’água Achar saída onde não tem entrada Fumar cachimbo de nostalgia Ouvir vitrola antiquada Gosto de viajar no tempo e depois retornar para cá, com alguns insights Acho um privilégio revisitar outrora com a cabeça de agora É tanta clarividência Tanta enxergação Tanta ficha […]

Ler mais

Assim Sou

Por: Bianca Latini Assim sou Sou teatral Passional Existencial Não sei viver Sem picadeiro Não sei existir por derradeiro Sou pele queimada em dia de sol Sou ferida aberta De cor de sangue vivo Sou sensorial Olfativa Embevecida Lentes de aumento ou diminuição Visual Minha audição pode me levar à lua Ou para debaixo do […]

Ler mais