Categoria Bianca Latini

Imensidão

Por: Bianca Latini O amor não é conjunção condicional Ele não é vírgula, parênteses ou ponto final Ele é oração inteira Com todas suas nuances, palavras Com toda grandiosidade de sentidos E múltiplas interpretações O amor é riso em picadeiro de circo É palhaço em dia de espetáculo É criança com pipoca na mão O […]

Ler mais

Medo de quê

Por: Bianca Latini Medo de morrer?? Eu tenho medo é de viver infeliz!! De perceber que não sou dona do meu próprio nariz Que dou voltas no mesmo círculo E nem expando meu raio Tenho medo de perceber que podia ter feito e não fiz Que passei no mundo como atriz Encenando um papel que […]

Ler mais

Por dentro: fora da casca

Por: Bianca Latini Por dentro: fora da casca Vambora Vamos trocar essa roupa suja Vamos limpar essa alma muda Vamos fazer festejo e faxina Dentro e fora das nossas ruas Não vamos mais nos esconder Na epiderme dessa casca que não nos traduz Essa pele que nos faz parecer algo que não nos faz feliz […]

Ler mais

Palavra

Por: Bianca Latini Palavra é ponte É abismo É flecha Ferida aberta Hemorragia de sangue e de ideias Irrigação Fertilidade Barreira Saudade Palavra é sonoridade É veste que agasalha ou Uniforme que quer padronizar Palavra é mola propulsora E às vezes empurrão para o boeiro do medo, da impotência, da irritação Palavra é letra: de […]

Ler mais

Rio de Lágrimas

Por: Bianca Latini Chorar É um rio que se vai São lágrimas que transportam tristezas, rancores Amargores, dores, frustrações Raivas, pesares Desespero Destempero Para fora do nosso corpo Tentando limpar o nosso coração Tentando lavar a alma Do sangue jorrado pela faca implantada no peito Chorar Alívio Desabafo Consternação Águas que rolam pelo rosto Seu […]

Ler mais

Coração

Por: Bianca Latini Coração É ele que guia meus passos silenciosos Meu caminhar de infinitude Meu trilhar de evolução Por vezes aperta, machuca, corrói Em outras, salta, exulta, alegra-se explodindo em gratidão É forte e majestosamente rico das respostas que preciso: o perigo que pressinto o caminho que desvio o rio em que decido me […]

Ler mais

Deixa Fluir

Por: Bianca Latini Deixa fluir Leve,leve,leve Deixa ir Deixa fluir Deixa desenrolar Da maneira que quiser ser Do jeito que quiser correr Provir, fruir, desaguar Leve, solto, alado Desenfreado Sem cerca Sem arremates Interferências Melindres Deixa deslizar Deixa, permita, não interpela Releva, entende, não suscita Deixa se revelar Do jeito que é Da maneira que […]

Ler mais

Conexões Humanas – Corações sob peles

Por: Bianca Latini Conexões Humanas – Corações sob peles O contato com as pessoas me move A troca A integração com elas Gosto de saber suas histórias Suas memórias Seus remorsos Suas alegrias Suas vitórias Seus dia a dias Gosto de prestar atenção ao timbre de suas vozes À cor dos seus sorrisos À luminosidade […]

Ler mais

Onde Existo

Por: Bianca Latini (Onde Existo) Eu existo onde o amor está Depois da rua Onde o entusiasmo faz a curva Eu canto onde há lirismo Onde a brisa da poesia acaricia o meu rosto Macia Suave Purpurinante Eu habito onde a rotina não Assentou assoalho E descanso debaixo do telhado Da esperança Aquela de criança […]

Ler mais

Confessionário

Por: Bianca Latini Confessionário Ahh… Santo Universo Eu tenho tantos medos Você bem sabe disso Tenho medo de assumir algumas responsabilidades Então eu te rogo Dê-me um abraço imenso Deite-me em seu colo E aqueça em meu peito A confiança que comigo nasceu O propósito que você me deu Para que eu possa trilhar o […]

Ler mais