Categoria Bianca Latini

Por: Bianca Latini Eu quero alimentar meus sonhosE não deixá-los morrer de inaniçãoQue eu tenha arte, fé, peito, coragem,Para reconhecê-los, entendê-los, explorá-losQue eu não os compare, nãos os julgue, não os abafe, achondo-os tolos, inadequados, inalcançáveisEles vieram a um propósito e dizem muito sobre mim, minha jornadaMaluquice? Insanidade?Não! Verdade.Resistência, punição, fricção, cheque-mate: é o que […]

Ler mais

Meu armário

Por: Bianca Latini Meu armário Porque roupas não são apenas roupasSão uma forma de expressãoUm veículo de comunicação com o mundoUm gritoUma manifestaçãoUm falar calado, um outdoor que não tem voz, mas gritaUm chamamento para si: ei, olha! Estou aqui e tenho algo a dizer!Através da vestimentaEscancaro a minha criatividadePosso ser hippie, chic, bregaexecutiva, dar […]

Ler mais

Escrever

Por: Bianca Latini Escrever Escrever é vômitoÉ desobstruçãoÉ respiração boca a bocaDesfibrilaçãoEscrever é desagueDesmancheReconstruçãoÉ esvaziarÉ ir, deixar serPermitir-se o lado mais obscuroÉ contar segredo no papelE dizer as maiores verdadesAquilo que se esconde de si mesmoÉ ConfessionárioÉ encaixe: tradução do sentir em palavras Estas que, uma vez escritas, aliviam um pouco o que se passa […]

Ler mais

É das fendas que se abrem caminhos

Por: Bianca Latini É das fendas que se abrem caminhos Onde está você agora?Com tantos sonhos, planos, construções?Em que momento desistiu de levar a cabo as realizações?A seta quebrou?A alegria escorregou?A bússola se jogou da sua mão?Oh não! Você desistiu de tudo?Achou que era grande demais para alguém tão pequenina, tão diminuta?O jardim em ti […]

Ler mais

Por: Bianca Latini Eu vibro para que os sentimentos em mim sejam de expansão e não retráteis Para que a boa energia percorra minhas veias com fluidez Para que o Amor preencha cada célula do meu corpo, cada fio de cabelo e inunde meus olhos, minhas lágrimas Eu vibro para que a acolhedora clareza em […]

Ler mais

Sem cortes, sem edição

Por: Bianca Latini Sem cortes, sem edição No momento em que me permitoOs caminhos se abremAs cortinas desabrocham e o palco se autorevelaNão é CarnavalMas abre alas, que eu quero e mereço passar!Com passos firmesDe quem descobriu sua verdadeE não necessita ser perfeitaManiquefeita, liquefeita, fulgazAgora piso no palco com a voz roucamesmo e bem desafinadaApresento-me […]

Ler mais

Bem diante do nariz

Por: Bianca Latini Bem diante do nariz Você procura incessantemente o AmorSem nem se dar conta de que você já vive o Amor todo dia!É que ele não está emoldurado como os anúncios e propagandas estereotipadas que te venderamVocê foge do medo, mas vive o medo a cada minuto, quando deixa de fazer algo por […]

Ler mais

Afinal, o que é O Tempo?

Por: Bianca Latini Afinal, o que é O Tempo ? Afinal o que é O Tempo?O tempo somos todos nósA inconstânciaA impermanênciaO tempo é como lidamos com o presenteComo gerimos nossas prioridadesE o que fazemos do agoraO tempo é a precisão com que dizemos sim e nãoÉ o quanto somos nós mesmosO tempo é a […]

Ler mais

Próximo trem

Por: Bianca Latini Próximo trem Aqui dentro jaz um ruídoJaz um zumbidoUma inquietaçãoUma queimaçãoUma ruminaçãoOnde foi que terei me perdido?Onde errei na mão?Venenos destiladosSabotagensE nada de automassagensSó vejo ruas sem setasEsquinas sem placasCruzamentos sem semáforosArmários sem roupasMentes sem organizaçãoTá tudo ruindo e eu não me achoTá tudo caindo e eu não me encontroEu? Quem? Quem […]

Ler mais

Liquidificador: infinitas possibilidades

Por: Bianca Latini Liquidificador: infinitas possibilidades Meu mundo tá tão grande aqui dentroQue ele não cabe mais em minha limitação corpóreaMeu mundo quer ganhar o mundoE ser universo inteiroEspaçosPedaços do quebra-cabeça que são o todo…O quebra-cabeça universal, macroDe infinitas peças e infindáveis encaixesDe incontáveis cores, matizes…Por que o peso da escolha?Queria ser tudo ao mesmo […]

Ler mais