Família tradicional

Por: Priscila Menino

Father and baby forming a heart shape

Família tradicional

Vi uma notícia que me fez refletir.
A reportagem falava sobre a extinção da família tradicional brasileira.
Fiquei pensando no que se entende por família tradicional e por qual motivo se eleva essa condição a uma relevância considerável.
Ideologias religiosas a parte, penso que família deve ser baseada em laços fraternos de amor, ainda que tenham horas que momentaneamente queriam se matar, afinal, faz parte de toda boa família.
Eu posso afirmar que a família que constituí e da qual me orgulho muito não é a tradicional brasileira.
Minha filha é fruto do meu primeiro casamento, portanto, já fui divorciada.
Meu esposo tem outros dois filhos que não são meus filhos biológicos.
Mas o que nos une são laços de amor.
Amor real, que supera o dia a dia e está junto por uma opção e não por uma imposição de qualquer natureza.
E por isso eu me incomodo tanto com esse fascínio de alguns com o que se considera “família tradicional”.
O que deveríamos sempre valorizar não seria o amor acima de tudo?
Se houver amor, qual o problema de ser um casal do mesmo sexo com filhos ou de se ter uma mãe solo?
Aliás, fazendo uma analogia com o mundo gastronômico, de uma forma geral, os sabores tradicionais são os mais sem graça.
Gosto mesmo é daqueles sabores excêntricos, instigantes e provocativos; com tempero e sabor.
Uma família unida pelo amor, seja ela de qual forma, modelo, crença, raça ou do jeito que for, é bonita demais para encaixar nos esteriótipos “tradicional” ou “não tradicional”.
Me espanta que em pleno século XXI ainda usemos esse tipo de classificação tão simplória e retrógrada.
Se tem o tempero do amor, tem sabor. E onde há amor, não é insosso.
Por isso me incomoda esse termo “tradicional”.
Portanto, nada insosso para mim, obrigada!
Nem na vida e nem na gastronomia.

Por: Priscila Menino


Créditos da imagem: Freepik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: