Por: Mauricio Luz

Contempla! Pára e contempla!
Contempla o que está à sua volta!
Te comportas como uma ilha de ignorância,
Mas estás cercado de beleza infinita,
Incontáveis milagres por todos os lados.
Contempla! Sente e contempla!
Contempla a catedral que há em ti
Um templo onde o tempo inexiste
A singularidade que une luz e sombra
Em um beijo de Amor interminável.
Contempla! Respira e contempla!
Contempla e sinta os elementos
Dançando a misteriosa dança da Vida
Bailando no rufar das batidas de seu Coração
No mesmo ritmo do mar e das estrelas
Contempla! Sonha e contempla!
Contempla para além do infinito
Para além d’onde a Mente consegue alcançar
Entrega-te, renda-te, una-te
E perceberás: o canto que busca
Está mais próximo do que imaginas.

Mauricio Luz


Créditos da imagem: Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: