Quando estiver, esteja

Por: Bia Latini

Quando estiver, esteja

Quando estiver, esteja
Às vezes a gente fica, sem permanecer
Doa, sem entrega
Mergulha, sem molhar
Atira-se, com os pés presos na bola de ferro
Beija, sem sentir o gosto dos lábios
Fala, sem dizer
Agradece, sem gratidão
Perdoa, sem liberar a mágoa…

Parece muito óbvio
Mas o óbvio precisa ser dito, compreendido, desenhado, sentido, vivido, vivenciado
Não é sobre dar rasante
É sobre imergir e SER a própria imersão
Não é sobre VER o machucado
E, sim, SER a ferida, o corte, a ardência, a potência da latência
Para, no processo de cura,
Poder, enfim, SER o amor
E não mais esperar por ele….

Por Bia Latini


Créditos da imagem: Unsplash

1 Comments on “Quando estiver, esteja”

  1. Como sempre nos brindando com seu olhar terno e profundo. Palavras de quem parece meditar para se curar mas que na verdade nos curam sem tentar. Somente estando aqui, marcando presença em uma parte do mundo que não briga para entrar na fila, somente brindando e emocionando a nós que temos o prazer de saber de sua existência e valor. Gratidão por compartilhar sua arte com o mundo e comigo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: