Gefangen

Por: Mona Vilardo

WhatsApp Image 2018-12-12 at 07.44.29

Gefangen 1

No dia que o prefeito foi preso, eu também fui.

Pela primeira vez na vida eu senti roubada a minha liberdade, o meu direito de ir e vir e a minha voz.

A sorte é que estava com uma amiga, e nessas horas ter amigos juntos é o que nos faz sentir mais fortes e amparados.

No ato da prisão, decidimos olhar o que tínhamos na bolsa, pois não nos deram nem o direito de buscar nada em casa. Fomos presas quando colocamos os pés para fora de casa, naquela segunda feira de manhã. Vestíamos roupas confortáveis e saímos após tomarmos uma xícara de café preto, enquanto planejávamos nosso dia.

Muito bem, voltando à bolsa. Nela tínhamos água, uma maça, um saco de balas de gengibre, um livro e alguns trocados.

Comecei a concluir que não iríamos passar sede ou fome, a bala de gengibre serviria para adoçar aquele momento e o livro nos manteria em contato com a literatura. Por fim, ter poucos trocados não seria o problema, afinal não iríamos comprar nada na prisão.

Também não sairíamos no jornal e nem provocaríamos tumulto no trânsito. E o melhor, a minha consciência estava tranquila, afinal uma hora ou outra eu iria ser solta. Nós iríamos, também confiava piamente na inocência da minha amiga.

Então, para a nossa sorte, o alvará de soltura não demorou muito. Cerca de 40 minutos depois o assistente técnico do elevador chegou. Sim, estávamos presas no 13º andar do meu prédio, e a amiga que conto, viria ser a minha hóspede alemã que tinha acabado de chegar. Que ótima recepção!

– Na Alemanha isso nunca me aconteceu. – Falava ela com aqueles olhos verdes arregalados.

– É amiga, aqui no Brasil acontecem várias prisões. Mas isso não é assunto para as suas férias.

Saímos daquela prisão e o que eu mais usei lá foi o celular para escrever esse texto. Enquanto meine Freundin2 usava o mesmo para jogar paciência – algo que devemos ter num momento como esse.

Quanto ao prefeito eu não consegui acompanhar muito bem sua história, achei bem mais interessante e literária a minha.

E por fim, concluí que em caso de prisões o melhor é ter paciência (no celular e na alma) e bom humor. Ah, dependendo da prisão, claro!

1 – Prisão

2 – Minha amiga

5 comentários em “Gefangen

  1. Adorei o texto. Ele inicialmente nos conduz a imaginar uma determinada situação, que logo é modificada com muita habilidade pela narradora.
    Surpreendente!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: