Desnaturalização: a infância sem ar

Por: Bianca Latini

Desnaturalização: a infância sem ar

Nesse mundo verticalizado
Espaços sintéticos, sintetizados
Crianças espremidas, encaixotadas
Criatividades esmagadas
Na frente das telas são hipnotizadas
Pela tecnologia, absortas, vampirizadas
O medo impera
A preocupação é gigantesca
Eis o pavor do fora
É preciso estar dentro!
Seguro
Cerceado
Gradeado
M-i-n-i-m-i-z-a-d-o
A natureza é uma beleza à parte, longínqua
Algo que se vê apenas pela fresta da janela
Dos altos prédios monitorados
Rezo, ao menos, para que reste, ainda, imaginação a estas almas curiosas por natureza
Quem sabe não contem uma história, fingindo estarem presas num castelo, no alto da torre, do qual precisam ser libertadas?!
E quem sabe, também, um pingo de consciência não caia sobre a cabeça de seus pais neurotizados por segurança e paz?
Quem disse que a natureza é suja, perigosa e um programa de tanto faz?
Ela é essencial, vital, restaurativa, educativa, sensorial, crucial, evolutiva, manancial
Ela brinda esses novos seres que chegam ao mundo
E oferece todo seu espaço, seu corpo, sua integralidade, diversidade, beleza e espiritualidade
Permite a esses novos pequeninos viajantes desenvolverem-se e entenderem o planeta onde fincarão seus pés
Descobrindo o modo como lidarão com seu próprio corpo, com o outro, com o sistema
Desvendando a maneira como tudo se integra e se relaciona, se autogoverna
A visão é macro e astuta e não diminuta!
Tolher uma criança do convívio com o natural é não deixar florescer nela toda sua potencialidade de conexão, ancestralidade, geneticidade, liberdade
É arrancar, desses recém chegados humaninhos, a qualidade pura de serem verdadeiramente crianças
Com olhos de encantamento e necessidade de experimentação
É fazer morrer o cientista, o explorador, o testador, o alquimista… antes mesmo deles se inventarem
É fazer, na selva de pedras,
no mar de concreto,
no tecido árido,
A infância perder o ar.

(Texto inspirado no filme ” O começo da vida 2 – Lá fora , produzido por Maria Farinha Filmes )

@ocomecodavida
@mariafarinhafilmsbr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: