Ritmo

Por: Juliana Latini

Ritmo

Sabe aqueles dias em que você se sente esquisito?
Parece que a frequência das diferentes partes do corpo não está em harmonia… e tudo à nossa volta também não combina…

Ontem, eu me senti assim… Então, parei, respirei muitas vezes, oxigenei todo o meu corpo e percebi que o problema estava em mim.

Entendi que nesses momentos preciso sintonizar-me comigo mesma, para perceber qual é a minha frequência. Caso contrário, tudo à minha volta começará a ditar os ritmos e – loucamente me perderei de mim – mais uma vez. Como uma dança de música desconexa que me exaurem todas as forças. Basta!
Decretei para mim mesma:
“A partir de agora, estou em sintonia com a minha frequência e me movimento nessa energia de dançar a minha música, curtindo cada detalhe, até os mais simples”.
Tudo dentro de mim dançou mais feliz a vida.
E uma surpresa…aqueles que estão ao meu redor parecem sentir os novos fluxos e acabam por orbitar comigo, ainda que em diferentes sentidos, mas cada um respeitando seus espaços, tal como a Terra e a Lua.

Um conselho que te dou…
Pare, respire e sinta o seu ritmo.
Seja reggae, ska ou regional
Seja rap, pop ou rock
Seja blues, jazz ou bossa
Aceite o seu ritmo e vá com ele desfrutar com alegria cada dia.

Nesse seu embalo, nem mais devagar, nem mais acelerado.

Vá na sua e quem quiser que vá contigo.

Antes de terminar, um pedido eu faço:
Perdão a quem eu julguei ser inapropriado.

O ritmo de cada um é algo sagrado!

Juliana Latini


Créditos da imagem: Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: