Aguar-se: Banho

Por: Bianca Latini

Aguar-se: Banho

Poderia ser apenas um banho
Simplesmente água
Mas é lavagem de fora que lava dentro
Leva embora a irritação, o cansaço, o dia pesado
Deixa a poeira dissipar pelos cabelos do jato do chuveiro
Cabelo transparente
É água corrente
Me deixo, me largo
É água quente
Pode ser inverno ou verão
Não tomo ducha fria, de cara, não!
Pode até ser… num segundo momento…
Mas, de primeira, só se eu estiver numa tremenda suadeira
Me lavo, me derreto
Às vezes canto, noutras apenas deixo a fumaça embaçar os vidros, o espelho, meus pensamentos…
É um relaxamento, permissão,
Autorização para se esvair, se derreter e não se conter
Deixar descer pelo ralo o dia perdido com obrigações, insatisfações, lamentos…
Saio leve, com a pressão mais baixa, o peito mais vazio, o cabelo mais molhado e o corpo preparado para dormir embalado

Banho…
Sorte a minha poder tê-lo todo santo dia!

Por Bianca Latini
Em 05/04/21


Créditos da imagem: Pinterest

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: