Discrição

Por: Diogo Verri Garcia

Discrição

Se é pra pensar, e pensando,
falar.
Prefiro acabar-me em silêncio.
Que, assim, silenciosamente sinto,
Das dores minhas só, minto,
e faço o meu próprio compêndio.

Pois pra poder falar, tenho a certeza
Que a leitura é só minha.
E cada página virada,
Haja tristeza ou beleza,
uma ou outra haverá,
apenas comigo,
sozinha.

Mas se tiver de falar,
Só por falar,
Em tua cobrança.
Alerto ser melhor minha abstenção.
Que há palavras
a machucar,
dada a grande inconstância.
Assim, prefiro manter discrição

Da saudade que partiu,
e me sorriu.
Deixou lembrança e a deixei,
Pois não chorei,
Mas nem assim me deixou.
Porque somente agora percebi
Que não sorri.
E da saudade, até você me lembrou.

(Diogo Verri Garcia, Rio de Janeiro, 28/03/2021)


Créditos da imagem: Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: