Categoria Convidados

Autor Convidado (Victor Cabral)

Por: Victor Cabral Acorda e olha pra vida e tudo que tu viveu Nenhuma palavra rebuscada que eu te escreva Nenhuma rima já usada, não importa o que aconteça Valerá um segundo desse tempo teu Nas palavras habitam belos mistérios Que nossos corpos ignoram pois, ocupados vivendo-os, Os beijinhos e abraços e carinhos sem ter […]

Ler mais

Autor Convidado: Victor Cabral

Por: Victor Cabral Queria te escrever uma bela carta Daquelas marejam os olhos e o peito aperta Uma que você leria deitada e dormiria abraçada Sonhando com o significado de cada palavra Te transformar na minha musa irreal Intocável e pura, platonismo ideal Amar é tão fácil, sem nunca realizar Eternamente grato em apenar poder […]

Ler mais

Autor Convidado: Victor Cabral

Por: Victor Cabral Como fazer poesia sendo comedido? Não usar “sempre” ou “nunca” Declarar o que sente ( somente o permitido ) Sem tremer em pensar se será correspondido? Fingir que ainda é só um amigo Colocar na conta da inspiração de tarde de domingo Todos aqueles desejos que seus dedos não aguentaram mais guardar […]

Ler mais

Autor Convidado: Victor Cabral

Por: Victor Cabral Tudo de belo que cê já viu Com você, desde de o dia que nasceu Somos donos das cores que te rodeiam Fiéis guardas da luz das estrelas que te norteiam Testemunhas dos teus dias mais insanos Na dor e na alegria contigo aguamos Quando tomados pelo prazer, cerrados Tão abertos ao […]

Ler mais

Petição inicial – Autor convidado – Rafaelclodomiro do Poerídica

Como a arte em conjunto é muito mais forte, continuo neste espaço, o terreiro do artista. Desta vez é do companheiro Rafael Clodomiro. Seja bem-vindo e que a arte sempre seja reposta! (Thiago Amério)   Petição inicial Eu, solteiro, largado, quero expor os FATOS e contar detalhes chatos da história que nós vivemos. Em seguida […]

Ler mais

O mar – Autor convidado – Diedo Andrade

Como a arte em conjunto é muito mais forte, continuo neste espaço, em nossa quinta-feira, o terreiro do artista. Desta vez é do companheiro Diego. Seja bem-vindo e que a arte sempre seja reposta! E vamos a(o)marl! (Thiago Amério)   Mexido, perigoso, agitado, bravo… mas nada disso define o mar.   Amanhã pode estar diferente. […]

Ler mais

O CANDIDATO MATUTO – Autor convidado – David Dias Fidelis

Como a arte em conjunto é muito mais forte, inauguro neste espaço, em nossa quinta-feira, o terreiro do artista. Desta vez é do companheiro David. Seja bem-vindo e que a arte sempre seja reposta! E vamos de cordel! (Thiago Amério) Certo dia me chamaram pra ser vereador Nem sabia que podia, eu matuto boia fria […]

Ler mais