Desperto num sonho acordado

Por: Tadany Cargnin dos Santos

 

Desperto num sonho acordado

Numa esbelta e quotidiana ilusão

Sonhava que um néctar inebriante e encantado

Jorrava incessantemente da fonte deste coração

E que o líquido tinha sua própria vontade

Seguindo seu fluxo, extravasava por todo o ambiente

E o que dele se ensopava, exaltava sua bondade

Por meio de um sorriso ameno e de um olhar ardente

E ao despertar deste sonho, ainda meio sonhando

Pude sentir esta essência, docemente palpitando

Então, levantei do sonho e segui peregrinando

Pois notei que a realidade do amor, estava naturalmente despertando.

PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany.Desperto num sonho acordado. www.tadany.org®

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: