Entre culpas e desculpas

Por: Tadany Cargnin dos Santos

 

Alguns pela vida andam se desculpando

Daquilo que nunca tentaram e, por medo, não tentarão

Outros caminham pela senda culpando

Aqueles que o ignoram, antipatizam com sua inanição

E entre culpas e desculpas, seguem pela vida minguando

Até que a morte os carregue, os livre de sua penosa aflição.

PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany.Entre culpas e desculpas. www.tadany.org®

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: