Cantina do Prazer

Por: Tadany Cargnin dos Santos

Estrelas brilham na camiseta

Seios úmidos dançam nos lábios

Calor fascinante esconde-se dentro da bragueta

Orgia física no mundo dos sábios

Bundas curvilíneas seduzem a imaginação

Corpos em um movimento ardente

Olhos fogosos cheios de tesão

E a volúpia é a onipresença da gente

Cabelos ao vento que a todos encantam

Pernas torneadas por mãos divinas

Alegria carnal que a todos fascinam

Luxúria é o que se encontra nesta cantina

A simplicidade reina neste recinto

O prazer físico-visual é o alimento

Aproveite ao máximo, pois tudo é sucinto

E viva apenas para este momento.

 

PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany.Cantina do Prazer .www.tadany.org®

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: