Categoria Prosa

Desafio do café

Por: Mona Vilardo. Quando um ano começa temos em mente que muitos desafios virão! Mudar de emprego ou de casa, emagrecer, começar a academia na segunda feira, terminar aquele namoro que só te faz andar pra trás, ser uma pessoa melhor. Quem nunca se propôs algum desses desafios? Joga tudo isso fora. O maior desafio […]

Ler mais

Sejamos trapezistas

Por: Mona Vilardo Essa semana assisti um filme que não era bom. Tentei mais que a metade do filme, mas desisti. Ainda bem que já estou praticamente de férias, porque quando isso acontece quando estou cheia de coisa para fazer, a frustração é maior. Perder tempo assistindo filme ruim quando não se tem tempo a […]

Ler mais

Casa Velha

Por: Diogo Verri Garcia Casa Velha (prosa rimada) A casa era velha, tão velha quanto suas emoções. Pouco havia dentro, apenas retratos, panelas, lembranças, devoções. Também velha era sua moradora, que não sabia mais quando iria partir. As tarefas diárias já se tornaram batalhas vindouras, Que sempre especulava se iria realmente conseguir. Aquela senhora, de […]

Ler mais

Crônica – o que eu sei sobre o samba.

Por: Diogo Verri Garcia No último domingo, 02 de dezembro, comemorou-se o dia nacional do samba. Hoje, dia 05, o aniversário de meu pai. Alinhavando as duas datas, faço esta crônica em cumprimento à minha agenda semanal de textos, mas também em saudação ao natalício de meu genitor, neste ano, comemorado exatamente em uma quarta-feira, […]

Ler mais

Yes, nós temos banana.

Por: Mona Vilardo Não é de hoje que se estuda a importância da música para formação do ser humano, de um bom ouvido musical até a formação de caráter, escutar boa música afeta diretamente a formação de uma sociedade. Na Grécia, a música era usada para a construção de um povo mais ético e organizado. […]

Ler mais

Lobo bobo, porco tolo. Será?

Por: Mona Vilardo Essa semana eu me peguei pensando num livro infantil chamado “A verdadeira história dos três porquinhos”, talvez o dia das crianças me fez ir atrás dos livros infantis que tenho na estante, alimentando sempre o mundo das ideias. No livro, o lobo, que se chama Alexandre, conta a sua visão da história, […]

Ler mais

Alérgicos, contém humanos!

Por: Mona Vilardo Essa semana comprei uma caixa de ovos caipiras que tinha o seguinte aviso: “Alérgicos, contém ovos”. Fiquei parada uns 20 segundos para conferir se era aquilo mesmo que eu estava lendo. Li umas três vezes, verifiquei toda a embalagem e constatei que aquele era realmente o único aviso no estilo “tenha cuidado”. […]

Ler mais

Melhor de si

Por Thiago Amério   Melhor de si Melhor para si Melhor dos outros Melhor para os outros   A questão é que as pessoas não querem dar o melhor de si, mas colher o melhor para si. Também não querem dar o melhor para os outros, mas colher o melhor dos outros. Embora seja a […]

Ler mais

Hoje não, Senhor Medo!

Por: Mona Vilardo Começo essa crônica citando Hemingway “ O primeiro esboço de qualquer coisa é sempre porcaria” Pois é, quando estava escrevendo o texto para o dia de hoje, queria muito dedicá-lo ao Dia das Crianças. Várias ideias na cabeça: “quando deixo de ser criança”, “ a criança que mora em mim”, “ ser […]

Ler mais

Direitos humanos

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Direitos, nem sempre humanos Violados por seres, inumanos Superficiais prerrogativas, ledos enganos Realidade obnóxia, existencial subumano Favelas econômicas, sincretismos profanos Imposições escravagistas, anelo mundano Atrozes deveres, ausentes direitos, mundo tirano Sistemas primatas, abusos quotidianos Especulações inconsequentes, lucros soberanos Segregações nefastas, mandamentos insanos Mazelas impostas, inferno diáfano Sobrevivência raquítica e […]

Ler mais