Alegorias de gente

Por: Tadany Cargnin dos Santos

 

Todos na mesma onda, humanos sobreviventes

Alguns na miséria, outros descendentes

Muitos lúcidos, vários dementes

Uns elevando-se, outros decadentes

Alguns fervorosos, outros descrentes

Muitos tranquilos, vários impacientes

Uns foscos, outros fulgentes

Alguns energia, outros entorpecentes

Muitos transitórios, poucos permanentes

Uns modestos, vários prepotentes

Alguns descaminho, outros oriente

Uns melifluência, vários estridentes

Muitos comportas, poucos vertentes

Calidoscópio terrenal, alegorias de gente.

PS: Para citar este Poema:

Cargnin dos Santos, Tadany.Alegorias de gente.www.tadany.org®

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: