Arquivos

Momento Sui Generis

Por: Tadany Cargnin dos Santos Um Senhor sentado numa esquina fumando um charuto Questionou por que passamos a vida procurando adquirir Se no final nem o mais rico nem o mais astuto Levam consigo suas possesões quando deste plano partir Comentou sobre o desespero que sente A pessoa que espera algo suceder Mas que se […]

Ler mais

Uma Coruja e a Palavra

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Um dia estava passeando no paraíso Observando a magnificência da natureza Perdendo a visão naquele horizonte preciso E sentindo-me completo ao ver tamanha beleza   De repente, uma coruja que a tudo contemplava Girou sua cabeça e com um ar instigante Disse-me que o lindo dos seres humanos é […]

Ler mais

Simples Poeta

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Um poeta escreve Descreve Prescreve Mas, além disso, com palavras Ele canta Encanta Espanta E, com os sons, ele escuta Labuta Transmuta E, com a humanidade, ele observa Reserva Minerva Para que sozinho, ele imagine Fascine Ilumine. PS: Para citar este Poema: Cargnin dos Santos, Tadany. Simple Poeta.www.tadany.org®

Ler mais

Tua Geografia

Por: Tadany Cargnin dos Santos No céu de tua boca Encontrei noites de luzes Na caverna de teu hemisfério Plantei minhas prazerosas cruzes   Nas curvas de teus quadris Deslizei o gozo da paixão Na doçura dos teus lábios Comprendi o sabor da imensidão Na pradaria de tuas costas Senti o aroma cálido do desconhecido […]

Ler mais

A Estrela

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Uma estrela caiu no chão Ela veio de outras galáxias, abrindo novas porteiras Veio intensa, brilhante como um lampião E ao bater no solo, seu calor gerou uma tímida fogueira Ao que assisti como profunda admiração E pensei ser uma cósmica e mística brincadeira Então, nela joguei toda minha […]

Ler mais

Venturoso

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Os pés estavam cansados de caminhar pelas mesmas ruas O coração estava exausto de amar a mesma deusa Os braços estavam depauperados de abraçar os mesmos corpos As mãos estavam enfastiadas de cumprimentar os mesmos sorrisos Os olhos estavam entediados de observar a mesma paisagem Os ouvidos estavam desesperados […]

Ler mais

Sempre Presente

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Sempre Presente Sombras de pensamentos que me perseguem Morte em vida de uma vida em direção à morte Astros, noites e buracos Sóis, estrelas e luzes Perseguições iluminadas de pensamentos gloriosos Desejo infindo de ser Anseio profundo de ter Ânimo intenso de ser e ter, enquanto viver Fragmentos de […]

Ler mais

Gostaria

Por: Tadany Cargnin dos Santos Hoje gostaria de gritar palavras de fogo Afogar-me na infinita fantasia do oceano Apostar tudo num imprevisível jogo Dançar com o eu mais liberto, mais insano Queria ver as formas disformes da alma Furar as paredes para encontrar seus segredos Involucrar-me numa tormenta, sem calma Pecar copiosamente, sem culpas e […]

Ler mais