Arquivos

Diva – n° 42

Por: Tadany Cargnin dos Santos No vale de tua beleza infinita E nas carícias de teus beijos Perder-me na tua boca tão bonita E adentrar o meridiano de outros desejos   Sonhos de noites iluminadas, estrelas ao léu Memórias intensas que não consigo descrever Viagens cósmicas, teu coração, meu céu Sussurros de amor que não […]

Ler mais

A Dúvida de uma imaginada Traição

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Ele acordou sem sono, tinha vontade de levantar, um intenso desejo de sair da cama, mas algo lhe prendia, havia um magneto irresistível e aterrorizador. A desgraça tinha caído sobre sua psique tão intensa e voraz como a lava ardente de uma explosão vulcânica. E tal desgraça tinha um […]

Ler mais

Tua Geografia

Por: Tadany Cargnin dos Santos No céu de tua boca Encontrei noites de luzes Na caverna de teu hemisfério Plantei minhas prazerosas cruzes   Nas curvas de teus quadris Deslizei o gozo da paixão Na doçura dos teus lábios Comprendi o sabor da imensidão Na pradaria de tuas costas Senti o aroma cálido do desconhecido […]

Ler mais

A Menina de Tranças

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Bom dia Menina, da garbosa trança Hoje, rodopie elegantemente pelo cosmos Libere tua majestosa dança Coreografados passos ao centro de teu universo Reencontre-se com tua intrínseca herança Nela verás harmônicas estrelas cintilando E notarás na harmonia, uma formidável semelhança No baile desta exuberante manifestação Encontrarás melífluas notas de bonança […]

Ler mais

Quem fará meu trabalho na alcova da tua saia

Por: Tadany Cargnin dos Santos Quem fará meu trabalho na alcova da tua saia Foi minha primeira preocupação Quando tive que partir, com a oportunidade de ocasião Não sou pretensioso ao ponto de pensar-me insubstituível O pensei apenas porque era tão diligente no sul do teu equador Naquele terno, cálido e úmido recanto onde, muitas […]

Ler mais

Viagem ao mundo dela

Por: Tadany Cargnin dos Santos Ela me convidou para viajar Uma viagem ao desconhecido Ao forâneo mundo de sua essência Convite especial, preencheu minhas carências Ela queria aventuras, revelar-se paulatinamente Talvez encontrar-se, sem saber quem era Aceitei afoito, excitação resplandecente E a viagem iniciou, vindoura quimera Nas montanhas de tua desesperança Encontrei feridas que não […]

Ler mais

Diva – n° 40

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Nas curvas do teu corpo, me perdi e me encontrei Da fonte de teus cabelos, jorraram delicadas carícias Do vento de teus suspiros, ouvi melifluentes canções Do suco de teus beijos, recebi doses ferventes de amor No sul do teu equador, naveguei por cálidos e fluídos rios De tua […]

Ler mais