Categoria Mona Vilardo

Sejamos trapezistas

Por: Mona Vilardo Essa semana assisti um filme que não era bom. Tentei mais que a metade do filme, mas desisti. Ainda bem que já estou praticamente de férias, porque quando isso acontece quando estou cheia de coisa para fazer, a frustração é maior. Perder tempo assistindo filme ruim quando não se tem tempo a […]

Ler mais

Gefangen

Por: Mona Vilardo Gefangen 1 No dia que o prefeito foi preso, eu também fui. Pela primeira vez na vida eu senti roubada a minha liberdade, o meu direito de ir e vir e a minha voz. A sorte é que estava com uma amiga, e nessas horas ter amigos juntos é o que nos […]

Ler mais

Enxugos e picolés

Por: Mona Vilardo Semana passada não escrevi aqui. Estava muito envolvida com o espetáculo de formatura dos meus alunos do quinto ano. Eu sou da opinião que aprendemos muito com as crianças, no texto “Hoje não, Senhor Medo” falo um pouco sobre isso. Como toda formatura, teve festa no dia seguinte e mais um episódio […]

Ler mais

Arranhos

Por: Mona Vilardo Quando o ano começa a se despedir, começam também os encontros de amigos e os encerramentos de cursos. Essa semana tive o meu primeiro almoço de encerramento. Foi com as amigas do curso de História da Arte. Elas me chamam de mascote do grupo, já que a maioria delas é de jovens senhoras acima […]

Ler mais

A última que desaba

Por: Mona Vilardo Em 10 de novembro de 2018, às 17h28, um pai não vai mais voltar para casa levando o pão do lanche da tarde. Simultaneamente, a avó que costumava se preparar para rezar o terço, não irá rezá-lo quando o relógio bater às 18h. Um pouco mais tarde, às 19h35, com o dia […]

Ler mais

Yes, nós temos banana.

Por: Mona Vilardo Não é de hoje que se estuda a importância da música para formação do ser humano, de um bom ouvido musical até a formação de caráter, escutar boa música afeta diretamente a formação de uma sociedade. Na Grécia, a música era usada para a construção de um povo mais ético e organizado. […]

Ler mais

Morte com Prosecco

Por: Mona Vilardo Essa semana dentro do meu fantástico mundo, me peguei propondo um jogo pra mim. Aqueles momentos eu comigo mesma, sabe? E se me restasse apenas um dia de vida, o que eu faria? (Que jogo, hein, dona Mona?) Bem…jogo é jogo. Bora começar. Se isso acontecesse, o que menos eu iria me […]

Ler mais

Lobo bobo, porco tolo. Será?

Por: Mona Vilardo Essa semana eu me peguei pensando num livro infantil chamado “A verdadeira história dos três porquinhos”, talvez o dia das crianças me fez ir atrás dos livros infantis que tenho na estante, alimentando sempre o mundo das ideias. No livro, o lobo, que se chama Alexandre, conta a sua visão da história, […]

Ler mais

Alérgicos, contém humanos!

Por: Mona Vilardo Essa semana comprei uma caixa de ovos caipiras que tinha o seguinte aviso: “Alérgicos, contém ovos”. Fiquei parada uns 20 segundos para conferir se era aquilo mesmo que eu estava lendo. Li umas três vezes, verifiquei toda a embalagem e constatei que aquele era realmente o único aviso no estilo “tenha cuidado”. […]

Ler mais

Hoje não, Senhor Medo!

Por: Mona Vilardo Começo essa crônica citando Hemingway “ O primeiro esboço de qualquer coisa é sempre porcaria” Pois é, quando estava escrevendo o texto para o dia de hoje, queria muito dedicá-lo ao Dia das Crianças. Várias ideias na cabeça: “quando deixo de ser criança”, “ a criança que mora em mim”, “ ser […]

Ler mais