Categoria Poesia

CEP universal

Por: Thiago Amério Cada rua tem um número Cada esquina uma vida Por dentro do prédio, Um monte de gente habita Será selva de concreto Ou urbanidade selvagem? Decerto que o ter Precede o ser Por quê? Qual animal reside Na cabeça de quem é de dinheiro? Humano do capital? Ou alienígena social? Sigamos em […]

Ler mais

Descredenciado Poeta

Por: Diogo Verri Garcia DESCREDENCIADO POETA A poesia, quando sai do poeta, É livre, sem responsabilidade. Quem assume seu próprio risco é o leitor Que lê o que quer, adota suas próprias verdades. Descredencia cada palavra dita, Que não pertence mais a quem as fez. Os prantos podem se tornar sorrisos; Os risos, desatar de […]

Ler mais

Diva – n° 40

Por: Tadany Cargnin dos Santos   Nas curvas do teu corpo, me perdi e me encontrei Da fonte de teus cabelos, jorraram delicadas carícias Do vento de teus suspiros, ouvi melifluentes canções Do suco de teus beijos, recebi doses ferventes de amor No sul do teu equador, naveguei por cálidos e fluídos rios De tua […]

Ler mais

Por: Alvaro Assis Chove uma chuva clara Uma chuva de olhos abertos E molha meu corpo, que se abre Pra deixá-la ensopar minh’alma Chove pela têmpora o temporal O tempo fatiado em gotas, com calma Faz corredeiras pela coluna vertebral Chove, não uma chuva impaciente Não uma que pareça com a gente Pois sabe lavar-se […]

Ler mais

Fé sentida

Por: Thiago Amério   Como entender a razão? Deixar fundir com a emoção… E ver na fé o valor… Da confiança e do amor… Como maior instrumento… Como a magia do alento… Com o conforto por dentro… Enchendo de sentimento…   Que é capaz de sentir: – Se o coração se ABRIR!

Ler mais

Verso Testamental

Por: Diogo Verri Garcia A quem não quer sentir saudade, Deixo um adeus, e nada mais. Pois mal nenhum o tempo faz Se é boa a vontade que nos leva. A quem não sabe o que é tristeza, Trago o dissabor, por ameaça. Faço findo o que é eterno, Deixo perene o que passa. A […]

Ler mais

Pelo menos uma vez por dia…

Por: Tadany Cargnin dos Santos Desvaneça da alma todo e qualquer sentimento de hostilidade Dissolva do coração as diferenças sociais que te foram impostas Extinga as fronteiras geográficas que o separam do desconhecido amigo Labute diligentemente para terminar com a pobreza alheia Minimize sensações de vaidade que o segregam da sociedade Deseje, com todas tuas […]

Ler mais

Por: Álvaro Assis Não falta nada No som da cachoeira Na sombra que a árvore faz sobre o formigueiro A trilha vai sempre dar onde se deve chegar Assim como o passarinho sabe o tempo de cantar e o de voar O rio que vai virar oceano vai perdendo o medo contra as pedras E […]

Ler mais

Arrogância

Por: Thiago Amério. O medo da morte O medo da dor O medo de não ser o que sempre sonhou O medo nos protegeu do predador Por mais que o medo Tenha nos permitido Ter sobrevivido Quando por, “medo”, Me cego e me surdo Ao outro e a todos O medo é só desculpa “Pra […]

Ler mais

Vinte e Seis

Por: Diogo Verri Garcia. Tem vezes que o amor arrepia E depois que nos contagia, ele vai, e nos deixa saudade. Tem vezes que os olhos serenos esbugalham, Deixam de ser amenos, Tamanha a sinceridade. Tem vezes que a dúvida é maior que a tristeza, Por não entender o motivo De não haver alternativa. Tem […]

Ler mais